sábado, 23 de março de 2013

DEIXANDO DE SER CALDA E PERDENDO O CORAÇÃO.

 
Estamos vivendo um momento, de crise, e alienação em várias lideranças evangélicas. Existe um fator, traumático, que age, no psicológico do ser humano, quando esse, vem de uma situação onde ele foi, escravo ou vitima. Um exemplo foi o povo que esteve cativo no Egito. Quando Deus os tirou do Egito, através de Moisés, havia, uma escravidão que ainda, continuava dentro daquele povo. Eles tinham saído do Egito, mas o Egito ainda continuava dentro deles. Os evangélicos, foi por muito tempo achincalhado, éramos chamados de Zé-povinho, não tínhamos expressão, muito menos representação politica. Essa situação mudou, hoje os evangélicos estão na mídia, na política, em todos os seguimentos da sociedade. Esse fator de crescimento, infelizmente, veio acompanhado, de um trauma, que tem sido negativo para a igreja. Hoje parte da liderança evangélica, tem apresentado um fogo estranho, os líderes evangélicos se tornaram soberbos. O trauma do passado, fez com que esses lideres  perdessem o amor, eles já não andam mais nas pegadas do Mestre. Usa, das mesmas armas que o ímpio usa, tem se corrompido, o sal se tornou insípido. Eles tem sede de poder, são traumatizados, querem dominar, querem fincar uma bandeira, nas mais altas nuvens. Parte dessa igreja que esta ai, não tem sido a igreja dos evangelhos, a igreja de Jesus, que nos ensina que as nossas armas não são carnais. Disseram para ela que ela tinha quer ser cabeça, que ela tinha que deixar de ser calda, que ela tinha que comer o melhor dessa terra. Ela acreditou, tem abandonado Jesus, e partiu em busca de ser cabeça, mas tem perdido o coração, tem perdido o principal, Jesus. Essa igreja! Abraçou Gedeão para vencer guerras, agarrou Abraão para fazer barganha, corre atrás do profeta Elias, para aprender fazer fogo descer do céu, e vai ao encontro de Eliseu, para amaldiçoar a todos que se opõem a ela. Essa igreja, descobriu a força do marketing, mas tem abandonado o Poder do Espírito Santo, trocou a pregação do Evangelho, por mensagens de alto ajuda, por filosofia, por psicologia. Hoje, vemos um bando de crentes, que não crêem no evangelho, que querem viver eternamente nesse mundo, que não sabem lidar com a vida, com as tragédias, e com a própria morte. O sistema evangélico cresceu, mas o Reino de Deus não. Hoje vemos templos, cheios de gente e uma sociedade vazia, de Deus, e cheia de malignidade. Hoje vemos uma geração de evangélicos, irresponsáveis, que culpam o diabo por tudo. Hoje temos uma igreja que até carrega a bíblia, mas não é carregada pela palavra de Deus. Hoje temos uma igreja imatura que tenta tomar o poder politico da nação, mas não tem autoridade para ministrar a nação. Hoje temos uma igreja sem Ética, que ensina meios de ser abençoados, sem ensinar o que Jesus ensinou, sobre moralidade, honestidade, e santidade. Temos uma igreja, que vai para a mídia, brigar por poder, um povo que torce, para que os seus "líderes", vá arrebentar com apresentadores, de programas, e políticos, como se isso fosse o poder da igreja. Que Deus tenha misericórdia de nós, que o Espirito Santo, possa encontrar lugar de arrependimento, que possamos achar de volta o nosso coração. Que venhamos perder a cabeça, mas que tenhamos um coração. Quem sabe voltar ser calda, seja esse o caminho, para que a igreja volte as práticas das primeiras obras, e aprenda que o único cabeça é o senhor JESUS CRISTO.

sexta-feira, 22 de março de 2013

O CAMINHO É SIMPLES SEM ALIENAÇÃO


Hoje....agora são exatamente 00:50 minutos, Estou meditando no amor de Deus. Percebo que muitos evangélicos, tem vivido uma vida alienada, por,não discernir o Cordeiro, que foi imolado antes da fundação do mundo. Eu amo a Deus, porém tenho intendimento, que ha tempo para cada proposito debaixo do céu. Quando Jesus, o verbo que se fez carne e veio habitar entre nós, ele nos ensina que, temos que viver a nossa humanidade no caminho. Somos desafiados, a amar a Deus amando o nosso próximo. Evangelho, é boas novas no fluxo da vida, adoração, não é uma postura, que eu invoco, quando estou na igreja templo, no meio dos irmãos. Adoração é estilo de vida, é amar, é perdoar, é ser humano, sabendo que, antes de chegar la no céu, esse céu, tem que existir em minha vida, é o reino de Deus, dentro de cada salvo. Tenho ouvido falar, que quem tem promessa de Deus não morre, essa é a maior mentira, que o diabo tem plantado no meio do povo. As maiores, e eternas promessas de Deus, só vão acontecer depois dessa vida. O apostolo Paulo disse que o homem que espera em Deus, só para essa vida, é o mais miserável de todos os homens. Jesus, veio humanizar, Deus, para nos ensinar, que vida com Deus, é agora, somos o povo do caminho, dos encontros da vida, da caminhada simples em amor. Faço minhas as palavras do apostolo Paulo : Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.

Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.
Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.
E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé, 
Filipenses 1:21-25

quarta-feira, 20 de março de 2013

PODER DE DEUS, FRAGILIDADE HUMANA.


Hoje é um daqueles dias, ou seja daquelas noites, em que sou forçado, a me desarmar, me sinto como o profeta Elias, enfrenta os profetas de Baal, faz fogo descer do céu...Mas não tem como negar poder de Deus, e fragilidade humana. Não tem como fugir, ou fingir, não tem como, subir em um altar, e ficar de pé. Altar é lugar de sacrifício, de entrega. No altar, só prevalece aquilo que esta disposto a morrer. O apostolo Paulo fala de tesouros, em vazo de barro, fala de pregar o evangelho em fraqueza, fala de uma graça, que sustenta, e abençoa quando tudo parece contrário. Talvez,a maior dor de um profeta, é querer provar, que existe um engano, que existe um perigo, eminente, que as pessoas precisam abrir os olhos, para a verdade eterna. Porém a maioria não da crédito, não querem valores eternos, preferem aquilo que é passageiro. Pregar hoje o evangelho, puro e cristalino, já não serve, falar de vida eterna, pregar arrependimento, pregar a mensagem da cruz, já não satisfaz a multidão. Já estamos vivendo, as palavras do apostolo Paulo, a Timóteo : Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias COBIÇAS, como que sentindo coceira nos ouvidos," (2Tm 4:3). Ser pastor é viver no altar, ou seja, ser sacrifício vivo é passar pelo átrio, ser treinado no deserto, experimentar a solidão, mesmo em meio às multidões, ser humilhado, criticado, mal interpretado, muitas vezes ser deixado de lado por um período de tempo. Pastor é profeta, será amado quando, através de seu dom trazer milagres para o povo, será odiado quando confrontar o pecado, o comodismo, pedirão a sua cabeça em uma bandeja. O que me sustenta, é maior que as circunstancias externas, sei que sou um vazo de barro, tenho o intendimento que habito em um corpo de morte. Mas aquele que me chamou, ele desce, e vem trazer pão assado em brasas, e uma botija de agua. Ele não me chama de servo, ele me chama de amigo. Ele me diz, você, me procurou, mas eu estou a sua procura. Juntos fazemos uma boa dupla, ele me diz;, Conheço, seus questionamentos, sei dos seus temores, das sua lutas e frustrações, não temas, Eu sou contigo. Pastor chamado por Deus, não  é um pobre coitado, seu maior salário, é ver as almas se convertendo, vidas sendo libertas, seu plano de saúde é Jeová rafá que cura todas as enfermidades, pode ser abandonado por pessoas, mas é amparado pelo Espírito Santo, e servido por anjos. Pastor que vive no altar é amigo de Deus, pode não fazer viagens para o exterior, porem quando ora, viaja com o pai nas regiões celestial, é procurado pelo próprio Deus, os dois tem intimidade, o Pai busca o pastor profeta, conta seus segredos para ele, que privilégio!! Os dois com partilham, Jesus disse: já não vos chamo de servo, porque o servo não sabe o que faz o seu Senhor, tenho-vos  chamado de amigo. Que maravilha, Pastor amigo de Deus, come pão dos anjos, maná celestial, ele vive com os pés na terra, esta na igreja, é um homem,  chora, sofre, erra, tem seus conflitos, mas a verdade é que sua vida já não mais lhe pertence. É tido como arrogante para quem não entende, ou não experimentou o que ele experimenta, vão julgá-lo, isso por que é impossível ser normal quando se alimenta do sobre natural. Pastor é um vazo de barro, mas trás dentro de si a excelência do poder, é portador do tesouro celestial, tem autoridade do céu, é conhecido no inferno, grande parte dos seus sofrimentos, é justamente, por não ter aparência nem formosura, não tem holofotes sobre ele, mas quando ele abre à boca, quando profetiza, a força da sua mensagem agride o inferno, o poder de sua profecia faz o céu descer na terra, isso incomoda, abala a estrutura dos religiosos, porem solta a amarra dos cativos, e põem em liberdade os oprimidos. Pastor que vive no altar, ele é oferta viva de sacrifício, onde tem sacrifício Deus desce, é por isso que pastor chamado por Deus, vê o que ninguém vê, fala o que ninguém quer falar, e ouve o que ninguém ouve, esse pastor acredita em milagres, não se conforma em falar de um Deus tão grande e vê o povo derrotado escravo do engano e do diabo. Quero encorajar você meu amigo pastor, companheiro de julgo, continue firme, não desanime, esforça-te tenha bom animo, aquele que te chamou, é fiel para guardar o seu bom tesouro, e te dar o sustento. Se você é um pastor de uma igreja pequena, como eu, não fique triste, procure ampliar a sua visão, mas saiba que o Senhor da igreja, não avalia o seu ministério como o homem da terra, seja grande no caráter, procure estreitar a sua intimidade com Deus, tenha a motivação correta, breve estaremos diante do nosso Pai, vamos desfrutar a eternidade com ele, então você Pastor, descobrirá que o seu trabalho no senhor não foi em vão. Que Deus  abençoe poderosamente, sua família, sua vida e seu ministério.


terça-feira, 19 de março de 2013

A INDUSTRIA GOSPEL



‎"olha pra mim..."
"hoje o meu milagre..."
"eu quero de volta o que é meu..."
"para a direita, para a esquerda, por todo lado sou abençoado..."
"eu vou viver uma virada..."
Boa parte das músicas entoadas em nossos cultos  estão repletas de letras onde o foco é o homem e suas necessidades. Confesso que fico impressionado com a quantidade de canções estapafurdias compostas e cantadas em nossas igrejas.  Veja por exemplo essa canção do Ministério Apascentar de Nova Iguaçu:
"Onde era tristeza se verá
A dupla honra me ornar
Com boas novas proclamar-lhe
Uma nova história celebrar
É chegada a minha hora
Meu silêncio já acabou
Ouça o som da minha grande festa
Eu vou Viver uma virada
Em minha vida, eu creio
Eu vou viver uma virada
O que eu achava estar perdido
E tinha desistido de sonhar
Meu Deus já decretou este é o meu dia
Minha virada festejar"
Caro leitor, por favor me responda sinceramente: Em que lugar dessa letra Cristo está sendo glorificado? Em que momento dessa canção nosso Senhor está sendo reverenciado? Em nenhum momento não é mesmo? Na verdade, a canção do aludido ministério está focada nas bênçãos de Deus e na necessidade daquele que canta ser honrado pelo Criador. 
Prezado amigo como já escrevi inúmeras vezes a teologia da prosperidade e a confissão positiva fizeram um mal enorme para a Igreja de Cristo. Ouso afirmar que a igreja canta aquilo que acredita, e infelizmente parte dela tem acreditado que Deus é nada mais, nada menos do que um outorgador de bênçãos a todos aqueles que invocam seu nome.
Sinceramente estou cansado de canções deste tipo onde o que importa é a satisfação do cliente. Estou cansado de decretos espirituais estapafurdios, de doutrinas escalafobéticas e de hinos pobres de teologia e conteúdo bíblico. Ora, por que paramos de cantar  os atributos de Deus? Por que não cantamos mais sobre salvação, eleição, perdão de pecados e vida eterna?
Sem sombra de dúvidas vivemos dias complicadíssimos onde o Todo-poderoso foi transformado em gênio da lâmpada mágica, cuja missão prioritária é promover satisfação aos freguês. Diante disto, precisamos orar ao Senhor pedindo a Ele que nos livre definitivamente desse louvor, filho bastardo da indústria mercantilista gospel, o qual nos tem nos empurrado goela abaixo, conceitos e valores anticristãos cujo objetivo final não é a glória de Deus, mas a satisfação dos homens, onde  no final das contas quem reina não é  Deus e sim o homem.
Que Deus tenha misericórdia de cada um de nós.
FONTE : Renato Vargens

quarta-feira, 13 de março de 2013

Missionário T. L. Osborn morre aos 89 anos.Thomas Lee Osborn, nasceu em 23 de dezembro de 1923. Mais conhecido como T. L. Osborn, foi um evangelista, missionário, maestro, pianista, autor, editor, linguista, desenhista, e administrador.

Osborn foi um dos primeiros evangelistas a fazer cruzadas em nações não cristãs. Além de proclamar Jesus Cristo, sempre deu ênfase em curas e libertação. Autor de dezenas de títulos,  sua obra mais conhecida é “Curai enfermos e Expulsai demônios”. Lançado em 1951, já vendeu  mais de um milhão de cópias e foi traduzido para dezenas de línguas. Aos 20 anos de idade, ele e sua esposa Daisy  foram missionários na Índia. Anunciaram o evangelho em mais de 100 nações, atingindo milhões de pessoas com sua mensagem de fé. Visitou o Brasil, onde tinha como amigo R R Soares. Em 1949, criou a Fundação Osborn, batizada posteriormente  de OSFO Internacional, que sempre investiu na evangelização e plantação de igrejas. Ele e Daisy tiveram 4 filhos, 6 netos, 22 bisnetos e 3 tataranetos. LaDonna Osborn, a única filha do casal ainda viva diz que ele faleceu aos 89 anos, “pouco depois de pedir ao Seu Senhor Jesus: Leve-me para casa!”. Ela escreveu  o seguinte relato em nome da família: “Meu pai muito amado, Dr. T.L. Osborn, o homem conhecido em todo o mundo entrou em seu descanso eterno na quinta-feira, 14 fevereiro, 2013. Ele não estava com dores e não tinha nenhuma doença. Meu pai foi envolvido em amor. A família estava em seu lado dele quando atravessou o véu para a eternidade. Está agora na presença de Jesus, a quem serviu fielmente durante 77 anos. Podemos apenas imaginar o doce reencontro entre ele e sua amada Daisy, três de seus filhos, uma neta e uma série de crentes que já estão lá, dentre estes, muitos resgatados por ele. Certamente estão comemorando, porque o ministério de meu pai, durante mais de 65 anos alcançou todos os cantos da terra. T.L. Osborn deixou a sua missão completa em sua “jornada terrena”. Ele ouviu as palavras de seu mestre: “Muito bem, servo bom e fiel… entra no gozo do teu Senhor” (Mt 25:21).


quarta-feira, 6 de março de 2013

ENCONTROS E DESENCONTROS NO CAMINHO.





Na caminhada da vida eu percebo que vamos nos separando. Vem a saudade de todos os momentos, que juntos passamos, das conquistas que tivemos, risos lagrimas , em fim momentos inesqueciveis..
Lembranças, dos finais de semana, fim de ano,Saudades , parecia que aquilo nunca iria passar, que esse circulo de amizade e companherismo sempre existiría.

Hoje vejo que isso não é verdade. Cada um vai para o seu lado, cada um segue a sua direção, busca o seu destino, ou o que melhor lhe convem. Uns se vão por desentendimentos, outros, se vão, porque as suas expectativas, não foram supridas. A verdade é que o ciclo da vida continua. Talvez nos encontraremos rsrs, época de eleição, casamento de algum conhecido em comum, até mesmo em um velório.

Pode ser que tentaremos, nos telefonar, trocar algumas ideias, mas uma coisa e certa vamos nos perder no tempo. Muito de nossas vidas, fica nas fotografias, em uma filmagem. Chegará um dia que vamos, olhar aquele albo de fotografias, nossos filhos vão perguntar...Quem são essas pessoas? Diremos, foram nossos amigos, com eles vivemos momentos inesqueciveis...

Restou apenas saudades, as musicas, uma canção, tudo isso vai trazer esse aperto no peito, e essas lembranças, que nos transporta pelo tunel do tempo.

Tentaremos, nos reunir novamente, vamos em busca daquilo que antes existia...Então vamos descobrir, que cada um tem sua vida , sua jornada, sua caminhada, nos perderemos, novamente. Só restara as lembranças e a saudade. A biblia diz que aguardamos novos céus, e nova terra onde habita, justiça. Somos o povo do caminho, Jesus é o caminho a verdade e a vida. Que possamos, nos manter, nessa conciencia, habitamos em um corpo de morte, essa vida que vivemos, é transitoria, os amigos, os irmãos, passam por nós, como parte desse grande projeto divino. Se permanecermos em Cristo, então faço minhas essa letra de Miltom nascimento :
Canção Da América
Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir
Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração
Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.