quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A FÉ VEM PELO OUVIR A PALAVRA ESPIRITO E VIDA.

Recentemente, eu estava pregando na igreja em um culto de domingo à noite, o tema da mensagem era a respeito da fé que move a mão de Deus. Eu dizia que as nossas emoções, e os nossos sentimentos não chamam a atenção de Deus. Deus não age porque as pessoas estão sofrendo, porque simplesmente estão dentro de uma igreja, as lagrimas sozinhas não comovem a Deus, o desespero não intimida  Deus, A fé é a única voz que Deus respeita. Eu sei que muitos que estão acostumados com o engano da fé emotiva, ao me ouvir pregar, ficam assustados.  Essa é a pura verdade, os evangélicos têm sido ensinados a comover Deus, porem somente através da fé que podemos mover Deus, não comover com emoções. O Espirito santo me dirigiu a uma jovem senhora que estava com uma criança recém nascida, eu parei de pregar desci do altar, e perguntei aquela senhora o que aquela inocente criança tinha. A sua mãe contou que aquela criança não dormia, com problemas de respiração, estava tomando vários medicamentos, tinha falta de ar, estava constantemente indo aos médicos. Eu coloquei o microfone perto da criança, e todos na igreja podiam ouvir aquela respiração difícil, e ofegante. Então fiz a seguinte pergunta, onde está Deus? Será que ele não vê o sofrimento dessa criança? Onde está esse Deus que é amor? Eu pude perceber que algumas pessoas me olhavam assustadas, sem resposta, eu continuei, porque Deus não livra essa criança indefesa? Foi então que eu disse: Se essa mãe ou qualquer pessoa aqui, tentar chamar a atenção de Deus, apontando o sofrimento dessa criança, Deus agora aponta para o calvário, e mostra o quanto o seu filho sofreu, padeceu, derramou o seu sangue inocente, para que essa criança, e todos os seres humanos não carreguem mais nenhuma maldição. Entenda o preço já foi pago, temos que assumir o que o senhor Jesus fez por nós, e tomar posse da benção. Então eu coloquei a mão no alto da cabeça daquela mãe, na mesma hora manifestou um demônio naquela jovem senhora, causando falta de ar, e os mesmos sintomas da enfermidade, que estava na criança. Expulsei aquele demônio da mãe, e a criança ficou curada no mesmo instante, uma semana depois estava consagrando aquela criança no altar, apresentando a Deus. Amigo leitor, eu torno a repetir: Sentimentos não chamam a atenção de Deus. Deus não age porque as pessoas estão sofrendo, porque simplesmente estão dentro de uma igreja, as lagrimas sozinhas não comovem a Deus, o desespero não intimida  Deus, A fé é a única voz que Deus respeita.  Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do SENHOR? Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados (Isaias 53: 1 5-6)