sábado, 12 de março de 2011

O EVANGELHO É ACOMPANHADO DE SINAIS E PRODIGIOS


T.L.Osborn.
Foi desafiado por um islâmico em Jacarta acerca de qual seria,na verdade,a verdadeira religião e o verdadeiro profeta de Deus.Eu por um lado dizia "a Bíblia é a verdadeira Palavra de Deus"e o islâmico contrapunha,"O Alcorão é a Palavra de Deus"e não passava de uma discussão sem resultados produtivos.Porém um dia o Senhor me abriu os olhos para um fato que mudou meu ministério:a continuidade dos milagres como aconteciam na igreja primitiva.
Desde aí comecei a orar pelos enfermos e a acreditar que seriam curados,em Nome de Jesus.
Assim,as provas que a Bíblia era a genuína Palavra de Deus eram inerrantes,pois ao orar pelos enfermos e eles serem curados,isso testificaria que o Salvador do mundo estava vivo e que continua honrando a Sua Palavra"
As palavras não foram exatamente estes,mas a história teve este encadeamento:teve uma disputa com um muçulmano,mas não conseguia convence-lo so por palavra que a Bíblia era a Palavra de Deus.Aí ,segundo ele,Deus lhe abriu os olhos para compreender que o sobrenatural de Deus ainda acontecia hoje em dia como nos dias dos apóstolos e começou a orar pelos enfermos,que eram curados.A partir daí,diz que nunca mais teve problemas em discussões sobre qual a Palavra e religião verdadeira,pois os milagres que acompanhavam a pregação do Evangelho o testificavam.
Sem pôr em causa o tipo de doutrina do conhecido evangelista e pensando apenas biblicamente:
Os sinais e os milagres podem ser conectados à pregação do evangelho,como testificando que este é verdadeiro?
Algumas passagens:
Mateus 10.1,7-8
1 E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.
7 E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
8 Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demónios; de graça recebestes, de graça dai.
Marcos 16.15-18
15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
17 E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas;
18 Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.
Atos 4.29,30
29 Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra;
30 Enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Filho Jesus.
A própria conotação da palavra "sinais"...Um sinal é algo que é como uma marca (literalmente do dicionário português).Neste contexto,não conhecendo a palavra grega,leva-nos a pensar que os milagres e prodígios são uma marca,mostrando que o Evangelho é verdadeiro.
Talvez o versículo que foque melhor o meu ponto seja marcos 16.20:
20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.