sábado, 7 de maio de 2011

PALAVRAS DE UMA BREVE DESPEDIDA DE QUEM ENTERROU UM FILHO NA FÉ


Ontem, dia 12/12/10, houve uma grande festa no céu. É que o nosso filho na fé e amigo lucrou. Lucrou porque deixou a porcaria desse mundo; lucrou porque saiu da morte para a vida; lucrou porque perseverou e alcançou a coroa da vida; lucrou porque não corre mais nenhum risco de ter seu nome riscado do Livro da Vida; lucrou porque foi fiel até ao fim.
A morte não tem poder sobre aqueles que nascem do Espírito Santo.
A vontade de Deus foi feita. A nossa, não. Graças a Deus por isso!
Aos da fé, resta o consolo:
Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. I Coríntios 15.19
Para você, Renato, digo apenas isso: O que nossos olhos não viram, nem nossos ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em nosso coração o que Deus tem preparado para os fiéis até o fim, agora, você pode ver, ouvir e participar por toda a eternidade. I Coríntios 2.9

Nenhum comentário:

Postar um comentário