quinta-feira, 5 de maio de 2011

EU TE ESCOLHI

(Ezequiel capítulo 33:12): “...a justiça do justo não o fará escapar no dia da sua transgressão, e a impiedade do ímpio não fará com que ele caia, no dia em que se converter...”, ou seja, para Deus o que importa é o hoje! Nem o que o justo fez ontem o justifica hoje, se ele viver no pecado, nem o que o injusto fez ontem, o condena hoje, se ele tão somente se converter! É fato, e está na bíblia!
O que importa para Deus então é o que a pessoa é hoje! Podemos concluir que a salvação tem que ser mantida todos os dias, ou seja : "Ontem eu fui salvo! hoje estou salvo! amanhã serei salvo se permanecer".  Aquele, pois, que  esta de pé, cuide para que não caia (Icorintios 10:12) Aquele que esta de pé deve cuidar da sua salvação, a palavra de Deus revela que a salvação não vem das obras, é um dom de Deus :
Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
Não vem das obras, para que ninguém se glorie;( Efe 2:8,9). Porem quando uma pessoa é salva, o Espírito Santo opera a regeneração, acontece mudanças, frutos que verdadeiramente confirma a salvação, veja que a salvação como Dom de Deus precisa ser recebida, e trabalhada, ou seja aquele que é salvo desenvolve a salvação. O apostolo Paulo disse : De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor (Filp 2:12). A graça de Deus é favor imerecido, o Senhor Jesus jamais lança fora aqueles que vão até ele, o Senhor não permite que ninguém nos arrebate de suas mãos, ele nos deu o seu Espírito Santo, o sangue derramado na cruz do calvário nos purifica de todo o pecado. Em Cristo temos toda a provisão para a nossa salvação, pois o senhor Jesus se entregou como o sacrifício perfeito como a oferta perfeita pelo nossos pecado. Graças a Deus somos justos pelo sangue do amado salvador Jesus Cristo. Que Deus te abençoe poderosamente, seu amigo Pr Laerte Brito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário