segunda-feira, 25 de abril de 2011


Henry P. Crowell contraiu tuberculose quando menino e não podia ir à escola. Depois de ouvir um sermão de Dwight L. Moody, o jovem Crowell orou:
“Eu não posso ser pregador, mas posso ser um bom empresário. Deus, se o Senhor me deixar ganhar dinheiro, vou usá-lo em Seu serviço”. Sob o conselho de seu médico, Crowell trabalhou ao ar livre durante sete anos, e recuperou a saúde.
Ele então comprou um moinho velho em Ravenna, Ohio. Dentro de dez anos a Aveia Quaker era uma palavra familiar para milhões de pessoas. Crowell também operou uma empresa de fogões com muito sucesso.
Por mais de 40 anos, Henry P. Crowell deu fielmente de 60 a 70% de sua renda para Deus, tendo começado a dar dízimo de 10% inicialmente. Ainda hoje, desde 1901, a Aveia Quaker é líder de mercado. A companhia fatura mais de 10 bilhões de dólares por ano.

2 comentários:

  1. A palavra de Deus diz; " Trazei todos os dizimos á casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e provai-me nisso,se eu não vos abrir as janelas do ceu e não derramar sobre vós benção sem medidas" Malaquias 3: 10

    ResponderExcluir
  2. Veja que ser dizimista é uma questão de entrega, ou seja manifestação da fé em Deus. Deus então abençoa o dizimista de uma forma sobre natural. Deus abençõe poderosamente.

    ResponderExcluir