sábado, 26 de março de 2011

REVELAÇÃO PARA GRANDES COLHEITAS


Vocês esperavam grandes colheitas, porém elas foram pequenas. Leia Ageu, capítulo 1

Na época do profeta Ageu, o povo esperava o que nós esperamos para este ano: “Grandes Colheitas”. No entanto, com o procedimento que teve, não foi o que viveu.
Deus revela um incómodo sobre a postura do Seu povo no versículo quatro: Acaso é tempo de vocês morarem em casas de fino acabamento enquanto a minha casa continua destruída. O que importava ao povo era o próprio interesse e não o de Deus.
2 Coríntio 9. 10 diz: Deus dá semente ao que semeia. Entendo assim; se uma pessoa não quer semear, então por que precisa da semente? Se não quer abençoar, por que precisa da bênção?
São muitos os que se iludem pensando que podem avançar sem se comprometer com Deus e Sua obra. Não podem. Veja o que diz o versículo seis: Vocês têm plantado muito, e colhido pouco. Vocês comem, mas não se fartam. Bebem, mas não se satisfazem. Vestem-se, mas não se aquecem. Aquele que recebe salário, recebe-o para colocá-lo numa bolsa furada. Mesmo com extremo esforço humano, o povo não tinha o resultado esperado. Tudo que fazia para suprir até mesmo necessidades básicas, era inútil.
O mesmo acontece na vida de muita gente que hoje também concentra todo investimento e esforço no físico, natural, humano. E também tem muita gente que ao investir no espiritual não investe o melhor; por isso, também não vêem resultados.
Dedicar-se a Deus cada dia mais, buscá-l’O assiduamente, participar dos jejuns e campanhas, semear no Reino de Deus através de dízimos, ofertas e votos é o investimento que realmente faz a diferença. As pessoas que se abriram, verdadeiramente, para este entendimento, confirmam esta verdade através de grandes testemunhos.
O povo a que me refiro neste texto, ambicionava muito, tinha grandes expectativas para o futuro e até trabalhava para atingir o objetivo, porém, somente de forma humana. E o resultado foi este: Vocês esperavam grandes colheitas, porém elas foram pequenas (v. 9).
Não adianta esperar, desejar e ambicionar muito, se o investimento espiritual for pequeno e o que se faz em Deus e para Deus é sempre pouco. E, quando estavam levando para a casa o pouco que colheram, eu soprei tudo para longe… porque vocês só vivem cuidando das suas próprias casas, mas não se importam com a minha Casa, que está destruída (v. 9).
Deus não aceita pouco. Ele quer muito. Quer o melhor que podemos oferecer de nós mesmos a Ele, e a Sua obra.
Para que o povo entendesse, Deus permitiu que terrível seca atingisse pessoas, animais e plantações. O Senhor disse: Eu fiz com que houvesse seca nos campos e montanhas; fiz com que a seca atingis-se as plantações de cereais, as parreiras, as oliveiras e todas as outras plantações do país. Ela castigou as pessoas, os animais e todas as plantações (v. 11).
A chuva representa a bênção do Senhor sobre o povo d’Ele. Sem chuva sobre a terra não há produtividade, não há fruto e não há colheita. Definitivamente, não dá para viver e avançar para coisas maiores sem a bênção de Deus sobre nós.
Deus deixou bem claro ao povo, que grandes colheitas viriam somente se ele O priorizasse, dependesse d’ele e oferecesse a Ele o melhor. Deus espera que, também hoje, haja este entendimento de nossa parte.
Primeiramente você dá a Deus o que Ele pede; em seguida você recebe o que deseja. Você manifesta a fé, semeia e investe de forma espiritual; depois colhe os resultados almejados.
Este é o ano da “Grande Colheita”. É esta a Promessa que Deus tem para nós. Entretanto, vale lembrar que quanto maiores as conquistas almejadas, maior deve ser o investimento no âmbito espiritual, pois a vitória vem de Deus.
Não dependa somente das suas próprias forças. Por mais inteligente, forte e capaz que sejamos, somos seres limitados. Com Deus, porém, podemos ir além do que imaginamos.
Com Deus vivemos resultados ilimitados e sobre naturais como os que Isaque viveu: enriqueceu e se tornou poderoso numa terra de fome. (Génesis 26. 12).
Lance-se em Deus sem medo. Dependa d’Ele e invista corajosa-mente n’Ele. Vale a pena. Você apalpa os resultados.
Vamos nos dedicar mais e mais ao SENHOR! Tão certo como nasce o sol, ele virá nos ajudar; virá tão certamente como vêm as chuvas da primavera que regam a terra (Oséias 6.3).
…pois é ele quem manda as nuvens e a chuva para fazer com que os campos produzam colheitas para todos (Zacarias 10.1).

sexta-feira, 25 de março de 2011

Todo o ser humano tem dentro de si um instinto de domínio, isso é porção da graça de Deus, pois Deus disse para o homem, crescei, multiplicai,e dominai. Quando o homem passa a usar seu potencial, fatalmente ele vai adquirir conquistas, se esse homem aliar esse potencial, ao poder do ESPÍRITO SANTO, a fé sobre natural vai manifestar, fazendo com que todas as barreiras sejam vencidas, ele não conhecerá o impossivél, pois tudo é possivél ao que crê. O ESPÍRITO SANTO, tem o ministério de revelar o senhor JESUS, A maior conquista será a salvação, revelada através da graça de Deus. Que Deus abençõe poderosamente. Seu amigo Pr Laerte Brito

terça-feira, 22 de março de 2011

A FÉ É CONFIRMADA COM ATITUDE.


Deus é Espírito, essa declaração vem do próprio senhor Jesus no evangelho de João 4:24. O homem tenta relacionar com Deus através de sua alma, eis ai a razão porque a verdadeira fé não é exercida. Na alma o homem exprime as suas emoções, porem as emoções são sentimentos que não tem nada a ver com a fé. As emoções passam, elas oscilam, busca sentir, uma pessoa emotiva no seu relacionamento com Deus, sempre irá fracassar, o que caracteriza a fé é atitude, as emoções não busca agir, e sim sentir. A bíblia relata a cura de uma mulher emorragica, havia doze anos que estava padecendo com essa enfermidade, estava desenganada pelos médicos, já tinha gastado todo o seu dinheiro, sem nenhum resultado. Quando ela ouviu falar de Jesus, ele tomou uma atitude de ir ao encontro do senhor para receber o seu milagre. A bíblia relata que Jesus estava cercado por uma grande multidão, essa mulher não usou de emoção para chegar até jesus, ela não tentou sencibilizar a multidão com sua enfermidade, para ser atendida pelo Senhor. A sua fé não tinha espaço para sentimentos, fé é visão, é revelação, dentro dessa mulher a fé acompanhada de atitude, fez com que ela enfrentasse a multidão. Veja que dentro dela nasceu uma visão de milagre :
Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei. Não existe nessa mulher espírito de alto piedade, não vejo incerteza, mas vejo determinação, vejo uma fé que quebra protocolo, que deixa teólogos sem explicação, isto porque, a fé não pode ser explicada dentro de uma faculdade teológica, e nem, compreendida por mentes que querem limitar o agir de Deus. Normalmente entende-se que Jesus imporia as mãos sobre ela, ou desse uma palavra para que ela fosse curada, porem sua fé ao tocar na orla da veste de Jesus, fez o milagre acontecer. A fé foi consumada através de atitudes, não de sentimentos ou emoções da alma. O próprio senhor Jesus como autor e consumador da fé, nos mostra que a fé para ser consumada precisa de atitudes extremas e sacrificial, veja o que diz : (filipenses 2: 6-11)
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. A verdadeira fé pode ser vista no que o senhor Jesus fez por toda a humanidade, Sem fé é impossível agradar a Deus.
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. (Hebreus 12:2).


sábado, 12 de março de 2011

O EVANGELHO É ACOMPANHADO DE SINAIS E PRODIGIOS


T.L.Osborn.
Foi desafiado por um islâmico em Jacarta acerca de qual seria,na verdade,a verdadeira religião e o verdadeiro profeta de Deus.Eu por um lado dizia "a Bíblia é a verdadeira Palavra de Deus"e o islâmico contrapunha,"O Alcorão é a Palavra de Deus"e não passava de uma discussão sem resultados produtivos.Porém um dia o Senhor me abriu os olhos para um fato que mudou meu ministério:a continuidade dos milagres como aconteciam na igreja primitiva.
Desde aí comecei a orar pelos enfermos e a acreditar que seriam curados,em Nome de Jesus.
Assim,as provas que a Bíblia era a genuína Palavra de Deus eram inerrantes,pois ao orar pelos enfermos e eles serem curados,isso testificaria que o Salvador do mundo estava vivo e que continua honrando a Sua Palavra"
As palavras não foram exatamente estes,mas a história teve este encadeamento:teve uma disputa com um muçulmano,mas não conseguia convence-lo so por palavra que a Bíblia era a Palavra de Deus.Aí ,segundo ele,Deus lhe abriu os olhos para compreender que o sobrenatural de Deus ainda acontecia hoje em dia como nos dias dos apóstolos e começou a orar pelos enfermos,que eram curados.A partir daí,diz que nunca mais teve problemas em discussões sobre qual a Palavra e religião verdadeira,pois os milagres que acompanhavam a pregação do Evangelho o testificavam.
Sem pôr em causa o tipo de doutrina do conhecido evangelista e pensando apenas biblicamente:
Os sinais e os milagres podem ser conectados à pregação do evangelho,como testificando que este é verdadeiro?
Algumas passagens:
Mateus 10.1,7-8
1 E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.
7 E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
8 Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demónios; de graça recebestes, de graça dai.
Marcos 16.15-18
15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
17 E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas;
18 Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão.
Atos 4.29,30
29 Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra;
30 Enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Filho Jesus.
A própria conotação da palavra "sinais"...Um sinal é algo que é como uma marca (literalmente do dicionário português).Neste contexto,não conhecendo a palavra grega,leva-nos a pensar que os milagres e prodígios são uma marca,mostrando que o Evangelho é verdadeiro.
Talvez o versículo que foque melhor o meu ponto seja marcos 16.20:
20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.

domingo, 6 de março de 2011

Missões Evangélicas 008 - Perseguição e Morte aos Cristãos.wmv


No Brasil temos a oportunidade de pregar o evangelho, as vezes mim pergunto se houvesse perseguição em nosso país será que nós pastores, lideres igrejas estaríamos no ministério sem vacilar? Sinto -me constrangido ao assistir esse vídeo, não é fácil quando percebo o quanto o evangelho tem sido mal pregado. Igrejas superficiais, pastores que perseguem uns aos outros por fama, poder, posição, crentes que buscam um evangelho barato, falsificado, que vergonha, no meu país temos liberdade de culto, a igreja não tem coragem de evangelizar. Não tenho argumentos diante de cenas tão forte, preciso orar mais , buscar mais arrepender de meus pecados, rever meus conceitos, o que temos feito, qual o evangelho que temos pregado? a verdadeira prosperidade, esta na vida desses pastores, irmãos que tem sido perseguidos até a morte por amor a Cristo. FAÇO AQUI UM APELO: VAMOS ORAR PELA IGREJA PERSEGUIDA, SÃO NOSSOS IRMÃOS, A SUA ORAÇÃO PRODUZ UM PESO DE GLÓRIA E PODER, EM FAVOR AOS MEMBROS DO CORPO DE CRISTO NESSES PAÍSES.

Grupo Logos - Espinho, Grupo Elo - Jesus provou Jairinho

Tempos em que o louvor e adoração não tinha visão comercial, o objetivo principal era tocar o coração de Deus, hoje infelizmente o mercado gospel tem um forte apelo através do marketing, muitos cantores estão colocando na prateleira aquilo que o comercio exige O resultado desse apelo comercial faz desaparecer o verdadeiro louvor, a verdadeira adoração, onde estão os hinos inspirados pelo Espírito Santo? letras geradas no calor das provações, embutidas de verdadeiras experiençias com Deus, resultado de um verdadeiro espírito quebrantado, compositores que a motivação principal era adorar aquele que no calvarío pagou o preço da nossa redenção. Não quero com isso dizer que hoje não temos verdadeiros adoradores, meu desabafo tem o propósito de mostrar que nem todos são verdadeiros, pois o próprio senhor Jesus disse que o Pai procura os verdadeiros adoradores. Sei que adoração não é musica e sim estilo de vida. 
Estamos vivendo os últimos dias da igreja sobre a face da terra... Existiu uma época na qual o estrela to, o dinheiro e a fama não tinham vez na Igreja de Deus. O grupo Logos, o grupo Elo é um dos pouquíssimos remanescentes do genuíno e autêntico louvor a Deus!
O castigo que nos trás a paz estava sobre ele, e, por suas pisa duras, fomos sarados!
Jesus é o caminho, a verdade e a vida...

SE FOSSE VOCÊ, O QUE VOCÊ FARIA?

quinta-feira, 3 de março de 2011

DOMINADA PELA VAIDADE

Uma mulher foi levada às pressas para o CTI de um hospital. Lá chegando, teve a chamada “quase morte”, que é uma situação pré-coma, e neste estado, encontrou-se com a morte:
– Que é isso? – perguntou – Eu morri?
– Não, pelos meus cálculos você morrerá daqui a 43 anos, 8 meses, 9 dias e 16 horas.
Ao voltar a si, refletindo quanto tempo ainda tinha de vida, resolveu ficar ali mesmo, naquele hospital, e fez uma lipoaspiração, uma plástica de restauração dos seios, plástica no rosto, correção no nariz, na barriga, tirou todos os excessos, as ruguinhas e tudo mais que podia mexer para ficar linda e jovial.
Após alguns dias de sua alta médica, ao atravessar a rua, veio um veículo em alta velocidade e a atropelou, matando-a na hora.
Ao encontrar-se de novo com a morte, ela perguntou, irritada:
– Puxa, você me disse que eu tinha mais 43 anos de vida. Por que morri depois de toda aquela despesa com cirurgias plásticas???
E a morte aproximou-se bem dela e, olhando-a diretamente nos olhos, respondeu:
– CRIATURA , NÃO TE RECONHECI !!!
... não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.
2 Coríntios 4.18

terça-feira, 1 de março de 2011

QUANDO A VOZ DE DEUS TRAZ MEDO.


A bíblia relata em (Génesis 3:8) E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do SENHOR Deus, entre as árvores do jardim. Todo o final de tarde, Deus vinha encontrar com Adão e sua mulher no jardim, que gozo, comunhão intima com o criador. Porem nesse dia a voz de Deus causou medo, desconforto, espanto, princípios foram quebrados, o homem violou o mandamento de Deus, Adão e sua mulher Eva, desobedeceram a Deus, tocaram no fruto proibido e pecaram. Quando o homem esta em pecado, ele tem medo de Deus, foge, tem vergonha de sua nudez, não a nada que o homem possa fazer em si para reatar a comunhão com o criador, não são suas obras de caridade, sua religião, penitencias, sacrifícios, nada disso tem o poder de trazer o homem de volta a intimidade com Deus. Somente o sacrifício vivo do senhor Jesus resgata o homem de volta para Deus, Cristo entrega sua vida na cruz do calvarío para perdoar todos os pecados do homem, seu sangue tem o poder de lavar o homem. Veja que em Cristo a provisão para que o homem não esconda mais de Deus, e sim que ele venha esconder em Deus. veja (João 10:27-30)
As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.
Eu e o Pai somos um. Aqui a voz de Jesus busca a ovelha, ela segue o senhor, é conhecida, protegida, sustentada, recebe a vida eterna e jamais perecerá. Fora de Jesus, a voz de Deus traz medo, em Jesus a voz de Deus, traz vida eterna de salvação. Que Deus abençõe poderosamente. Seu amigo Pr Laerte Brito