sábado, 9 de julho de 2016

DOADORES:
“Seja também Mantenedor desse Ministério”
CAIXA ECONÕMICA FEDERAL
Agência:4964 OPERAÇÃO 13 Conta 4102-0
Laerte Pinto de Brito
“TODA FERRAMENTA PREPARADA CONTRA TI, ELA NÃO PROSPERARÁ E TODA LÍNGUA QUE LEVANTAR CONTRA TI EM JUÍZO, TU A CONDENARÁS É PROMESSA DE DEUS, POR ISSO NÃO TOQUE NOS MEUS UNGIDOS”
“TUDO QUE VOCÊ SEMEAR, RETORNARA 100 VEZES MAIS (GN 26:12

domingo, 15 de novembro de 2015

ATOS PROFÉTICOS
Para começar ato profético não é misticismo, como alguns acham. Como o nome já sugere são ações realizadas por homens, profetas de Deus com determinado sentido profético, com intuito de profetizar com ações e símbolos. São sinais que apontam para o reino espiritual e que tem conseqüências no reino físico. São ações expressas em atitudes e palavras.
Atos proféticos são vistos em toda a Bíblia:
Em Gn. 3, Adão e Eva se cobrem de folha de figueira depois Deus os veste com pele de cordeiro, este cordeiro foi morto, sangue foi derramado, o derramar do sangue foi um ato profético da redenção através do sangue (veja Hb 9:22). Este foi o primeiro ato profético executado, realizado pelo próprio Deus;
Deus manda marcar com sangue os umbrais das portas (Ex 12:7);
Jacó usa varas simbólicas, devidamente adornadas para a procriação próspera de seu gado (Gn. 30:39);
Eliseu pede vasilhas para operar o milagre do azeite (2ª Rs 4);
Gideão coloca novelos de lã pedindo a Deus confirmação para suas ações (Jz 6);
Eliseu usa um pedaço de pau para fazer flutuar o machado perdido (2ª Rs 6:6);
Isaías manda o rei Acaz colocar emplasto de pasta de figos sob sua chaga para a cura (2ª Rs 20:7);
Jesus cospe no chão pega o lodo e passa nos olhos do cego   para curá-lo. (Jo 9:6);
O próprio batismo é um ato profético no momento em que mergulhamos na água para arrependimento (Mc 10:39);
Imposição de mãos (At 6:6);
Unção com óleo (Tg 5:14-16 e Is 10:27);
Pisar com a planta dos pés para conquistar territórios (Dt 11:24-25; Js 1:3 e Jz 3:13);
Bandeiras que demarcam territórios conquistados (Is 62:10 e Nm 1:52);
Toque do Shofar para a derrubada de principados (Js 6:4);
Lenços e roupas para a cura de enfermos (At 19:11-12).
E centenas de outros atos proféticos descritos em toda a Bíblia, inclusive realizados por Jesus como vimos, e, o maior de todos os atos: sua morte numa… CRUZ!
O ato profético tem uma linguagem poderosa no reino do Espírito. Neste tempo Deus tem dado aos seus profetas muita inspiração para profetizar com ações. Cuidado para não ridicularizar o que Deus está fazendo. Tudo que é feito com fé orientado pelo Espírito Santo traz conseqüências poderosas. A Bíblia diz que: ‘todas as coisas são puras para os que são puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados’ (Tt 1:15). Mediante a fé e pureza de coração, minha ação profética tem alto valor no reino do espírito que se expressa no mundo físico, experimente!
Em relação a cidades, toda cidade tem marcos que são rastros de dominação do inimigo, geralmente são templos católicos e suas imagens de idolatria. Assim como no reino animal os felinos e os caninos demarcam seu território em locais estratégicos, o inimigo também usa a tática de demarcação, geralmente com nomes e esculturas. Vou te mostrar algo abaixo para você entender como funciona.
Aqui na região de Nordvest onde estou morando na Alemanha, tem uma cidade chamada Wuppertal, ela é considerada a cidade mais pobre e decadente da região. Outro dia, orientado pelo Espírito de Deus fui até lá e comecei a andar pelas suas ruas. Fiquei observando as esculturas e me deparei com uma imensa, que fica num local estratégico, trata-se de um memorial a poseidôn[1]; esta cidade é cortada por um rio. Observei que nas ruas e até no principal shopping da cidade existem vários ícones referentes a animais marinhos misturados com mitologia grega. Depois fui ao local mais alto da cidade e observei uma igreja com varias estátuas de idolatria. O inimigo busca demarcar desta forma, tomando lugares altos e estratégicos, geralmente em posição triangular, em cada ponta uma demarcação espiritual. Resultado, esta cidade é suja e velha, uma discrepância as outras de sua região, exatamente por causa do tipo de atuação espiritual. Este é um exemplo, neste caso o deus grego poseidôn, o principado por detrás provoca sujeira e miséria.
Se observarmos, todas as cidades têm demarcadores espirituais. Cada qual com sua característica especial, em algumas observamos miséria e sujeira, em outras muito suicídio, violência, pedofilia, assassinatos e por ai vai, todas tem marcos do inimigo e atuações malignas.
Os atos proféticos ajudam a profetizar a retirada destas demarcações, pelo menos a nível espiritual a princípio, até chegar-se ao nível físico também; uma cidade restaurada derruba seus ídolos por terra. Como Gideão, cuja primeira incumbência após ser levantado por Deus como juiz foi derrubar o poste ídolo a baal que existia em local estratégico em sua cidade (Jz. 6:25-32). Interessante que para isso enfrentou seu próprio pai.